quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Como escolher o travesseiro ideal


Dores nas costas, na coluna e no pescoço podem ser sinais de que você está dormindo na posição incorreta ou que está com o travesseiro errado. Além de proporcionar uma ótima noite de sono, a escolha do modelo certo e o cuidado em verificar se ele não está velho ou deformado pode evitar insônia e, consequentemente, o risco de doenças. O travesseiro ideal deve manter a cabeça e o pescoço alinhados à coluna cervical, promovendo o relaxamento dos músculos do corpo. O travesseiro não deve fazer com o que o peso da cabeça force a coluna cervical nem a musculatura; precisa ser trocado, em média, a cada 2 anos e não deve ficar guardado em lugares pouco arejados. Sem falar na questão da limpeza, com o tempo o travesseiro acumula ácaros. Pelo menos uma vez por semana coloque o travesseiro no sol. Na hora de comprar escolha um travesseiro que proporcione alinhamento do corpo e maior conforto, o que fará com que você mude menos de posição durante a noite e evitará tensões e traumas na coluna. Uma dica na hora da compra é encostar o travesseiro na parede, posicionar a cabeça de lado sobre ele e verificar se ela forma um ângulo de 90 graus com o ombro. Sinta se a cabeça não está muito alta ou muito baixa e se o material do travesseiro proporciona conforto. Também é importante um colchão adequado. Um travesseiro firme num colchão mole, por exemplo, pode elevar muito a cabeça e afundar o corpo.
Esses cuidados básicos garantem sono de qualidade e ajudam a evitar dores na coluna. Fique atento!
Se você dorme de barriga para cima: Travesseiros baixos são mais indicados se preencherem o espaço entre a coluna cervical e a nuca, evitando a hiperflexão do pescoço. Os joelhos devem ficar semiflexionados com um travesseiro abaixo deles dando suporte, encaixando o quadril, e proporcionando maior relaxamento da região lombar.

Se você dorme de lado: Prefira travesseiros comuns, que formem o ângulo de 90 graus entre a cabeça e o ombro. A coluna deve estar alinhada com os braços abaixo do queixo e os joelhos dobrados, com um travesseiro entre eles. A posição de feto, porém, força uma flexão exagerada de toda coluna vertebral e não é recomendada.

Se você dorme de barriga para baixo: É a posição menos adequada, uma vez que provoca problemas lombares e força a torção do pescoço para um dos lados. Para quem não consegue se adaptar de outra forma, a indicação é um travesseiro baixo para a cervical e outro para ser colocado em baixo do quadril.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário