terça-feira, 5 de junho de 2012

Dor Ciática, já ouviu falar ?


A ciatalgia ou dor ciática, é uma dor provocada pela irritação de uma ou mais raízes nervosas da coluna lombar, sendo que a dor irradia-se para o membro inferior (podendo ser uni ou bi-lateral), geralmente o trajeto da dor é bem definida. O nervo ciático, inerva as articulações do quadril, joelho e parte do tornozelo, também faz inervação dos músculos posteriores da coxa, da panturrilha e de parte do pé. Pelo tipo de dor e pela zona de dor irradiada, podemos determinar quais raízes nervosas estão afetadas. Aproximadamente 80% da população possui dor lombar durante a fase adulta, sendo 1% desses apresentando ciatalgia. As chances de serem atingidos por dor lombar entre homem e mulheres são as mesmas. Muitas são as causas, sendo as mais comuns: disfunções mecânicas (por esforço excessivo); disfunções posturais; traumatismos; protusão ou hérnia discal (lesão no disco intervertebral), osteófitos (calcificações): "bico de papagaio" (as 3 citadas anteriormente, são as causas mais comuns e podem também levar a compressão de estruturas nervosas região lombar); processos degenerativos (osteoartrose, etc.); instabilidade vertebral; infecções; tumores; diabetes; hipertireoidismo; neurológicas e psiquiátricas; dores referidas viscerais (ovários, útero, próstata, intestino e doenças circulatórias); síndrome do piriforme (músculo região pélvica em espasmo). É importante procurar profissional especializado, sendo um bom clínico, para realizar um diagnóstico específico e o tratamento deve ser feito de acordo com as causas da dor. O tratamento medicamentoso com orientação médica é muito importante, juntamente com o tratamento por meio da fisioterapia. Em alguns casos é importante um tratamento multi-disciplinar (médico, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, profissional de educação física). Nos casos em que a intervenção fisioterapêutica não é realizada ou foi inadequada, a perpetuação do quadro álgico persistirá levando então a uma cronicidade da sintomatologia. As técnicas de manipulação vertebral vêem sendo utilizada por fisioterapeutas, osteopatas e quiropatas em pacientes com quadro de lombalgia crônica. Através desta técnica, o movimento artrocinemático restrito é refeito, a função muscular é normalizada e o quadro álgico (de dor) é diminuído, contribuindo desta forma para a desaceleração do processo degenerativo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário