terça-feira, 11 de setembro de 2012

OSTEOPATIA A CURA PELAS MÃOS
A Osteopatia é uma terapia manual e um sistema de avaliação, com os seus próprios princípios subjacentes. Permite detectar e tratar áreas do nosso corpo que estão afetadas em em disfunção. Com as mãos o Osteopata restabelece a natural capacidade de cura do organismo e a volta do funcionalidade normal. Em última instância, restaura o equilíbrio global articular, visceral, muscular, craniano, neural ente outras.
Um dos seus princípios básicos centra-se no facto de que boa parte da dor e disfunção que sofremos, tem origem em alterações da estrutura e função do nosso organismo. Através de uma vasta gama de técnicas de manipulação manuais, a Osteopatia age sobre a estrutura do corpo, particularmente músculos, ligamentos, nervos, articulações e órgãos. Tal como uma máquina, o nosso corpo necessita de equilíbrio para ser eficiente, disponibilizando mais energia para saborear a vida. Osteopatia é uma medicina não convencional, que usa técnicas manuais para diagnosticar e tratar uma grande variedade de problemas de saúde, principalmente na coluna vertebral.
Os maiores problemas incidem normalmente na coluna vertebral, onde o osteopata tem um papel muito importante, uma vez que é o único especialista que consegue, através das mãos e sem cirurgia, recolocar as vértebras na sua posição anatômica.
 O osteopata utiliza as mãos para perceber os movimentos e tensões do corpo, através de várias técnicas manuais suaves e não invasivas.
Isso significa que pessoas de todas as idades podem consultar um osteopata, desde o recém-nascido ao idoso.

 Quando se deve consultar um osteopata?
Durante a gravidez e depois do parto, ainda que tenha decorrido sem problemas
Depois do nascimento e durante a infância, no decorrer de mudanças importantes na vida da criança ou quando manifesta através do comportamento dificuldades de adaptação não habituais nela.
Depois de um importante traumatismo, ainda que não tenha nenhuma ferida aparente (quedas, acidentes de carro, etc.)
Depois de uma intervenção cirúrgica ou médica traumatizante (tratamentos dentais, extracções dificeis, etc.)
Antes da colocação de um aparelho dental, durante todo o tratamento e depois da retirada do aparelho
Durante ou depois de um período particularmente stressante ou de esgotamento físico e/ou intelectual ou de um período emocional difícil.
Depois de qualquer doença aguda que tenha requerido a toma de medicamentos. De forma geral, as pessoas apresentam importantes desequilíbrios do organismo nos planos locomotor, hepático e digestivo. Por exemplo, os antibióticos algumas vezes indispensáveis alteram o sistema digestivo e o fígado.
Quando o individuo sente a necessidade ou o desejo de tratar-se. O corpo, se já recebeu cuidados osteopáticos, será mais sensível ao tratamento que lhe permitirá reencontrar o equilíbrio.

    Problemas que podem ser tratados com a Osteopatia ?
      Dores na Coluna
      Dores Lombares                                                          
      Hérnias Discais
      Artrose na Coluna Vertebral
      Cervicalgias
      Ciática
      Torcicolos
      Lesões Desportivas
      Dores de cabeça
      Stress
      Irritabilidade
      Dores nas articulações
      Dores Musculares
      Dormências
      Deficiências Circulatórias
      Tendinites
      Subluxação Vertebral
      Contraturas
      Tensão Muscular


Nenhum comentário:

Postar um comentário