terça-feira, 27 de setembro de 2011

Tratamento não-cirúrgico para hérnia de disco desenvolvido no Brasil ganha projeção internacional

Desenvolvido no Brasil pelo ITC Vertebral (Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral), o método não-cirúrgico para tratar hérnia de disco e outras lesões da coluna, como lombalgia, cervicalgia, dor ciática, protrusão discal, espondilose, artrose etc. - intitulado Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral - tem conquistado projeção em outros países.

México, Inglaterra, Holanda, Portugal, Argentina, Chile e Venezuela recentemente solicitaram ao instituto palestras e cursos sobre este protocolo e estão em vias de instalar unidades do ITC Vertebral.
O cearense Helder Montenegro, reconhecido como um dos maiores especialistas no tratamento da coluna no Brasil, o ITC Vertebral iniciou suas atividades em Fortaleza (CE), tendo alcançado êxito no tratamento de 700 pacientes em apenas dois anos com a R.M.A. da Coluna Vertebral. De lá pra cá, o método ganhou visibilidade em todo o território nacional, expandindo suas operações para outras 28 cidades de todo o país, incluindo São Paulo, que já possui quatro unidades do instituto. Os pacientes tratados já somam cerca de 3 mil. Além disso, somente em 2011, o ITC Vertebral chegará a mais outros 16 municípios. “Hoje, podemos afirmar categoricamente que disponibilizamos o melhor tratamento não-cirúrgico para as patologias da coluna, com 87% de sucesso em apenas dois meses, e foi isso o que chamou a atenção de nossos colegas lá fora”, diz Helder Montenegro, que após anos de estudo nos Estados Unidos e na Europa resolveu unir técnicas comprovadas cientificamente, aliando a tecnologia de equipamentos com fins terapêuticos à fisioterapia convencional. (ver Sobre R.M.A. da Coluna Vertebral). Ainda segundo Helder Montenegro, a instalação das clínicas do ITC Vertebral na Inglaterra, Holanda, Portugal, Argentina, Chile e Venezuela deve ter início a partir do ano que vem. “No momento, estamos concentrados na nossa parceria com o México e, tão logo este processo for concluído, daremoscontinuidade à nossa expansão nos outros países”, explica

Sobre a R.M.A. da Coluna Vertebral

O grande diferencial da Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral está em oferecer o início, o meio e o fim do tratamento para os problemas da coluna. Isso significa que o paciente é acompanhado durante todo o tratamento e depois é encaminhado e orientado para a prática de uma atividade física que irá manter os resultados.

Vale ressaltar que tratar hérnia de disco e demais patologias da coluna, vem sendo um grande desafio para os profissionais da saúde. Para se ter uma ideia, segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 80% da população terá pelo menos um episódio de dor nas costas durante a vida. Além disso, de acordo com o IBGE, somente a hérnia de disco acomete quase 5,5 milhões de brasileiros, sendo a segunda causa de afastamento do trabalho, perdendo apenas para as doenças do coração.

São vários os tratamentos indicados para a hérnia de disco. Um deles é a cirurgia, mas especialistas médicos garantem que a intervenção só é necessária em apenas 5% dos casos. Os demais métodos envolvem técnicas como RPG, osteopatia, fisioterapia convencional e acupuntura, porém, sem a manutenção constante desses procedimentos, é provável que o paciente volte a sentir dores. Outro diferencial da Reconstrução Músculo-Articular é o tempo de duração do programa. Em apenas dois meses, são obtidos 87% de bons resultados até em pacientes mais graves.
Onde encontrar: http://www.itcvertebral.com.br/






Nenhum comentário:

Postar um comentário